Beijo Partido (soprano recorder)

Partitura da música “Beijo Partido” (Toninho Horta)

Antônio Maurício Horta de Melo (Toninho Horta, 1948) violonista, guitarrista, compositor, arranjador e cantor. Quinto filho de uma família de seis irmãos, tem contato com a música desde cedo. Seu avô materno, João Horta, um funcionário da estrada de ferro Central do Brasil, é também maestro e compositor.
Beijo Partido”, é uma canção meio enigmática que nasceu de uma decepção amorosa do mineiro Toninho Horta, um dos mais respeitados guitarristas brasileiros no país e no exterior. Composto em 1973, o tema permaneceria dois anos sem letra, até o dia em que o autor sentou-se ao piano e escreveu-a em poucos minutos: “Eu não gosto de quem me arruína em pedaços / e Deus é quem sabe de ti / e eu não mereço um beijo partido / hoje não passa de um dia perdido…
Ela foi gravada por Nana Caymmi e, logo depois, por Milton Nascimento no álbum ‘Minas’, com a participação instrumental (piano e violão) e vocal de Toninho Horta. 

 ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileira, 07/11/2019. Disponível em https://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa359627/toninho-horta. Acesso em 18/11/2021.
Qual Delas?, 31/12/2017. Disponível em http://qualdelas.com.br/beijo-partido-2/. Acesso em 18/11/2021.

Amostra do áudio:

Tags: flauta doce, flauta dulce, flûte à bec, recorder, flauto dolce, flûte à bec, blockflöte, soprano recorder, alto recorder, tenor recorder, bass recorder, score, sheet music, free scores, métodos, method, handleitung, virtual sheet music library, dedilhado barroco, baroque fingering.

Atenção!
Se você é detentor dos direitos autorais desta obra (autor, letrista, arranjador, etc.),
por favor, entre em contato para que a obra possa ser retirada do site.
** Site sem fins lucrativos **